Portal de Notícias e entretenimentos do Litoral de São Paulo

Exposição de Joan Miró segue aberta para visitação na Fazenda Engenho D’Água

0

A exposição pode ser visitada nas quartas, quintas e domingos das 10h às 19h e nas sextas, sábados e feriados das 10h às 20h

Ilhabela é sede da exposição de um dos maiores artistas do Surrealismo, do Cubismo e do Fauvismo, na Fazenda Engenho D’Água, o espanhol Joan Miró, a amostra reúne 45 obras, além de poesias do espanhol Rafael Alberti, que ajudam a compor o universo lúdico do projeto.

Aberta para o público desde o dia 20 de fevereiro, a exposição recebeu cerca de 1200 visitas registradas no livro de presença. Esse número provavelmente se torna maior quando levamos em consideração que apenas 1/3 das pessoas param para registrar sua presença no local. Esses altos números de visitação se dão ao fato da exposição reunir litografias originais nunca antes expostas no litoral paulista.

Junto à exposição e o trabalho de disseminação das artes plásticas de nível internacional, atividades como palestras e visitas monitoradas para alunos da região estão previstas no projeto. Também se agrega a exposição uma homenagem literária que o poeta e dramaturgo espanhol Rafael Alberti prestou ao artista amigo e conterrâneo.

O investimento na promoção artística e no turismo cultural de alta qualidade faz com que Ilhabela se destaque entre os turistas que procuram atrações diferenciadas e de bom gosto ao mesmo tempo em que proporciona aos moradores um contato com o artista que só seria possível em grandes centros urbanos ou em cidades europeias.

Em parceria com a Secretaria de Educação e colégios particulares, em breve serão realizadas visitas monitoradas para alunos da região.

O Artista

O pintor, gravador, escultor e ceramista, Joan Miró está entre os mais notáveis artistas do século 20. Suas obras são reconhecidas em todo o mundo pelas características de espontaneidade e experimentalismo, de imaginário ilimitado e interpretação simbólica. As criações de Miró usam de conceitos do Surrealismo, do Cubismo, do Fauvismo, usando como referência as aflições da Guerra Civil Espanhola, a ditadura franquista e as puras e fantasiosas manifestações da infância.

A exposição pode ser visitada todas as quartas, quintas e domingos das 10h às 19h e nas sextas, sábados e feriados das 10h às 20h. A exposição permanece até o dia 21 de junho e a entrada é franca.

Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Comentários
Carregando...