Portal de Notícias e entretenimentos do Litoral de São Paulo

Discos ‘corajosos’ de Lenine, Nação Zumbi e Ira! são celebrados no volume 3 do livro ‘Lindo Sonho Delirante’

0

Colecionador de discos, o jornalista e pesquisador musical paulista Bento Araújo planeja para meados de 2020 a edição do terceiro volume da coleção de livros intitulada Lindo Sonho Delirante.

O título da série reproduz as iniciais do LSD porque o primeiro volume, lançado em 2016, inventariou a produção fonográfica brasileira de tom lisérgico no período de 1968 a 1975.

Editado em 2018 com o subtítulo 100 discos audaciosos do Brasil, o segundo volume foi além da psicodelia e avançou no tempo, abrangendo década que, na cronologia do autor, começou em 1976 e terminou em 1985.

Em fase de campanha de financiamento coletivo, o terceiro volume – intitulado Lindo Sonho Delirante vol. 3 – 100 discos corajosos do Brasil (1986 – 2000) – começa de onde o segundo volume terminou e segue até o ano de 2000.

Selecionados sob o carimbo de “discos corajosos”, álbuns de Lenine (Olho de peixe, gravado com o percussionista Marcos Suzano e lançado em 1993), Ira! (Psicoacústica, de 1988), Violeta de Outono (o primeiro álbum homônimo do grupo gaúcho, editado em 1986), Chico Science & Nação Zumbi (o fundamental Da lama ao caos, de 1994), Picassos Falsos (Supercarioca, de 1988) e Karnak (o primeiro homônimo álbum da banda, de 1995), entre outros nomes como Jaguaribe Carne e Marlui Miranda, serão resenhados no livro com reproduções das capas e das fichas técnicas originais.

Os textos serão apresentados em português e em inglês, tal como nos dois volumes anteriores. O objetivo da série bilíngue é jogar luz sobre a produção fonográfica nacional de tom mais vanguardista e experimental, sendo que, no volume 3, a seleção de Bento Araújo dá ênfase a discos ligados ao universo do pop rock, mas com sonoridade mais transgressora, fora dos padrões radiofônicos dos anos 1980 e 1990.

Veja também


Fonte: Pop & Arte – G1

Comentários
Carregando...