Portal de Notícias e entretenimentos do Litoral de São Paulo

Coisa de Zé, banda de forró surgida na terra do rap, faz dez anos e lança o terceiro álbum

0

Pinto do Acordeom participa do disco na regravação de música lançada por Elba Ramalho em 1985.

Coisa de Zé é banda sediada no Capão Redondo, periférico distrito paulistano conhecido tanto pela alta incidência de violência como pelo hip hop que brota na região em que surgiu, em 1988, o grupo de rap Racionais MC’s.

Mesmo sem descartar o uso do rap na mistura da banda, Diego Germano (voz e triângulo), Dudu Lima (zabumba), Gabriel Gabiru (sandona) e Gabriel Pedrosa (sanfona) assentam o som de Coisa de Zé na base nordestina formada por ritmos como xote, xaxado e baião – agrupados sob o genérico rótulo de forró.

Banda Coisa de Zé lança o terceiro álbum, ‘Vivendo de amor e forró’ — Foto: Divulgação

Formada em 2009 com o intuito de investir no som conhecido como “forró pé de serra”, mas com toques de samba e salsa, entre outros gêneros, a banda Coisa de Zé celebra dez anos de vida em 2019 com a edição do terceiro álbum, Vivendo de amor e forró, gravado sob direção musical de Diego Germano, autor dos arranjos em parceria com Edimar Peixinho.

Sucessor dos álbuns É disso que eu tô falando (2012) e Vem curtir com a gente (2015) na discografia do Coisa de Zé, o álbum Vivendo de amor e forró conta com a participação do mestre Pinto do Acordeom na regravação de Sambaiãozar, música de autoria do próprio Pinto lançada há 34 anos por Elba Ramalho no álbum Fogo na mistura (1985).

Composto por 14 músicas, o repertório do álbum Vivendo de amor e forró é dominado por temas autorais como Amor pra recordar (Diego Germano), Bora lá (Dudu Lima), Forró casadinho (Diego Germano, Dudu Lima e Gabriel Pedrosa) e Tira gosto (Gabriel Pedrosa), entre outros.

Veja também


Fonte: Pop & Arte – G1

Comentários
Carregando...